Orcs no WoW – A Origem das Azespécies – Lore

Você sabe qual é a Origem dos Orcs no WoW?

Continuando com as minhas teorias com relação a origem das espécies, atravessamos o portal negro para a desolada Terralém.

Mas em uma época em que o planeta ainda estava inteiro e era habitado por uma das raças mais marcantes do universo de Warcraft: os xamãnísticos e poderosos Orcs!

Em World of Warcraft os Orcs são conhecidos como uma raça de humanoides verdes e brutais, o grande símbolo de virilidade na Horda.

Atualmente um tanto odiados por conta do “Lady Ga”Garrosh (olhem o último modelo dele para entender a piada).

Mas as origens deles mostram uma espécie um tanto diferente do que estamos acostumados. Para entendermos melhor essa raça vou tentar traçar as origens.

A Origem dos Orcs no WoW

Como as raças naturais de Terralém, antiga Draenor são raças muito tribais a documentação histórica não foi escrita.

Conhecimento e história eram passados através de lendas ou fábulas contadas pelos anciões (os grandes Xamãs).

Com o pouco documentado e com algumas lendas tracei a origem não apenas dos Orc, mas também dos Ogros e dos Gronns e percebi que essas 3 espécies estão relacionadas.

De acordo com as lendas, Terralém em tempos antigos era habitada por uma espécie de humanoides gigantescos, conhecidos como os Gigantes de Terra.

Poucas são as referências à esses gigantes na série de jogos, sendo a mais notável a estrutura Temple of the Damned de Warcraft 2 que era feita de esqueletos gigantes.

De acordo com as lendas eles eram humanoides gigantescos com uma pele marrom que lembrava placas de terra.

Não há relatos de como essa espécie se reproduzia, mas como toda a espécie de gigantes exageradamente grandes eles deveriam sofrer com a ambientação nas terras um tanto hostís de Terralém.

Terralém não se tornou inóspita a pouco tempo, regiões como as Montanhas da Lâmina Afiada, Pântano Zingaro e Nagrand mantém seus aspectos originais.

Novamente como com maioria das espécies de gigantes a evolução deu seu jeito para adaptar essa espécie e as poucas crias que eles tinham começaram a evoluir para o que hoje conhecemos como os Gronns.

Grull o Pai dos Gronns

Os Gronns são humanoides de pele extremamente dura, burros e brutais.

Em geral eles são marrons ou vermelhos, possuem um único olho e uma formação óssea que parecem pedras saindo do corpo. Básicamente são brutamontes.

O mais notório deles é Grull, O Matador de Dragões, também conhecido como o pai dos Gronns por seu tamanho avantajado, o que leva entender que ele retem algumas características de seus antepassados.

Os Gronns das montanhas, que podem ser encontrados através de Nagrand, em geral não são tão imensos, sendo isso uma característica de Grull e sua linhagem (Filhos de Grull, espalhados por toda a Terralém).

Os Gronns habitaram Terralém por bastante tempo, o suficiente para que outras espécies os temessem, mas como todo animal no topo da cadeia alimentar, a queda é terrível.

A Mesma Origem

Orcs e Ogros parecem ser duas espécies que se originaram ao mesmo tempo.

Os Mok’Nathal são conhecidos por possuírem o sangue das duas espécies, mas por miscigenação, e não por origem, portanto cheguei a conclusão a seguir.

Os Gronns parecem ser uma espécie (que assim como os Vrykuls) que valorizavam os mais fortes, portanto somente esses mais fortes tinham a chance de reproduzir e isso gera um enfraquecimento genético que pode levar a mutações um tanto indesejadas.

Outro fator que influência é o local onde a espécie vive, que pode com o tempo influenciar no desenvolvimento da espécie.

Como eu tinha falado, atualmente os Gronns podem ser encontrados nas encostas de Nagrand e nas Montanhas da Lâmina Afiada. A partir disso vou traçar as origens dos Ogros e Orcs.

Ogros são uma espécie natural das Montanhas da Lâmina Afiada em Terralém.

São humanoides de grande porte físico, um tanto burros, fedorentos e facilmente manipulados.

Durante a segunda Guerra os Ogros foram controlados por Gul’Dan, que criou os primeiros Ogros-Magos e criou uma mutação na espécie que são os ogros de duas cabeças, no intuito de deixa-los mais “inteligentes” (duas cabeças pensam melhor do que uma).

Antes de Gul’dan, e logo depois do êxodo da espécie para Azeroth, os Ogros que habitavam as Montanhas da Lâmina Afiada foram controlados pelos Gronns, a quem os ogros consideravam como deuses e progenitores.

A origem desses bobalhões se deu quando Gronns das Montanhas começaram a nascer com peles mais lisas e claras, com troncos mais altos e braços um pouco mais curtos e um tamanho reduzido em comparação a seus mestres.

Ao invés de eliminar essa nova espécie os Gronns decidiram escravizar. Antes da primeira horda ser formada os Orcs e os Ogros eram tidos como inimigos.espécies os temessem, mas como todo animal no topo da cadeia alimentar, a queda é terrível.

Finalmente os Orcs no WoW

Abaixo das montanhas, onde as terras são verdes e grandes rios e lagos marcam a paisagem os Gronns que ali habitavam começaram a tomar outra forma. originaram uma espécie de humanoides marrons e fortes, pacíficos, com uma inteligência mais desenvolvida, e uma grande conexão com os elementos.

Os Orcs originais viviam nas margens de rios e lagos que cortavam Nagrand.

Em questão de aparência não eram muito diferentes de atualmente, mas possuíam uma pele marrom-escura e olhos amarelos.

As tribos se estendiam por toda Nagrand até as fronteiras com a Floresta Terrokar e eles eram divididos entre tribos.

Seus inimigos eram os Arakkoa (humanoides pássaros) e os Ogros que se aventuravam em suas terras para roubar comida ou comer os Orcs mais jovens.

Quando os Drainei chegaram a Draenor a convivência entre as duas raças foi relativamente pacifica.

Era mais uma relação onde ambas as espécies não eram aliadas, mas também não eram inimigas.

Mas a chegada dos Drainei apenas marcou o inicio de uma era de escravização para os Orcs.

Os demonios, liderados por Kil’Jaeden, caçaram os Drainei através do cosmos e quando os encontraram em Draenor descobriram um grande potencial assassino nos Orcs.

O Poder Demôniaco

O demônio Mannoroth então ofereceu seu sangue para os Orcs no WoW, prometendo um grande poder, e grande parte dos Orcs tomaram, encorajados por Gromm Grito Infernal (babaquice corre na família). Assim seus corpos foram corrompidos pela Maldição de sangue.

Suas peles se tornaram esverdeadas (apara aqueles que não possuíam tanta corrupção no sangue), eles se tornaram sedentos por batalha e sangue e suas crias nasciam ferozes.

A partir dai os Orcs no WoW viveram um grande período de servidão aos demônios. Perderam sua conexão com os elementos e o xamanismo foi proibido, dizimaram os Drainei de Terralém, invadiram Azeroth e quase eliminaram os Humanos, Anões e Elfos.

Quando a primeira Horda foi derrotada alguns Clãs de Orcs procuraram fugir dos demônios e encontrar seus caminhos em um mundo que os odiava.

Esses ficaram com peles verdes e conseguiram sua conexão com os elementos novamente e fundaram Orgrimmar.

Outros clãs continuaram servindo aos demônios ou continuaram com seu aspecto violento como o clã Rocha Negra e adquiriram uma coloração cinza.

Alguns clãs remanescentes em Terralém se juntaram a Mannoroth e depois a Illidan, esses ganharam uma pele vermelha e alguns possuem espinhos saindo de seu corpo, lembrando muito seus ancestrais os Gronns.

Os Orcs Puros

Esses Orcs vermelhos ficaram conhecidos como Orcs decaídos ou Orcs do Caos.

Somente os Orcs do clã Mag’Har permanecem puros e retem o aspecto original da espécie.

Bom, vou ficando por aqui. Espero que tenham gostado deste texto que fala sobre os Orcs no WoW.

Vejo vocês na próxima!!!

Veja aqui eu falando dos Humanos: Humanos no WoW – A Origem das Azespécies – Lore

Felipe (Akhana) Dalla Torre