Memorial Ingame de Scott Koller – Jogadores que Partiram

Hoje vou falar sobre mais um memorial ingame encontrado em Draenor, o Memorial ingame de Scott Koller.

Lembram do Skoller, aquele personagem totalmente distraído.

Ele fica na Selva de Tanaan em Sangre’la e dá o brinquedo Bolsa de Gostosuras de Esquilo do Skoller?

O personagem foi adicionado no patch 6.2.0, sendo amigável tanto para os jogadores da Horda e da Aliança.

Ele fica em uma carroça no acampamento dos Espreitapresa logo antes de entrar na área de Sangre’la (Fang’rila no original).

Ocasionalmente ele joga nozes nos esquilos que se reúnem ao seu redor.

memorial-ingame-de-scott-koller

Quando você interage com ele, o mesmo demonstra ser distraído e joga nozes no seu rosto antes de perceber que você não é um esquilo.

Depois ele demonstra sua preocupação em cuidar dos pequenos animais.

Memorial Ingame de Scott Koller: Skoller

Na verdade, o NPC Skoller é um memorial Ingame de Scott Koller.

Scoot faleceu aos 31 anos devido a Leucemia Mielóide Crônica (LMC) em 17 de março de 2015.

Scott Koller, também conhecido como Skoller, era um funcionário da Blizzard, do setor de atendimento ao cliente, no posto de Sênior.

Skoller trabalhava para a Blizzard oferecendo suporte desde a expansão Wrath of the Lich King.

Posteriormente, ele veio dar suporte aos demais jogos da Blizzard.

Sua liderança natural, profissionalismo e sabedoria inspirava sua equipe.

Um mentor para muitos de seus colegas de trabalho, era para ele que as pessoas iam quando precisavam de ajuda ou conselho. 

Ele é lembrado por sua vontade de ajudar e incentivar aqueles ao seu redor.

Skoller era considerado um cavalheiro silencioso.

Tendo um senso de humor peculiar e apaixonado pelo absurdo, além de amar videogames, comics e animes, e seu cantinho no trabalho era repleto de action figures.

Infelizmente Skoller partiu e a Blizzard, como forma de homenagear um funcionário que se dedicou a empresa e principalmente uma pessoa em que muitos confiavam, inseriu o NPC Skoller.

Para quem achou interessante esse post sobre o Skoller, recomendo a leitura de outros memoriais.