Um Healer em Draenor – World of Warcraft

Como um Healer em Draenor se sairá?

Fala galera! Amiguihos e amiguinhas do Coja no WoW, hoje eu venho aqui para falar das minhas experiencias no fantástico mundo de Draenor!

Para quem não sabe meu personagem principal hoje é um Xamã de Restauração, minha segunda especialização é elemental.

Esses dias tive acesso ao Beta do WoD e resolvi dar uma olhada em como as coisas estavam indo, fiz o meu premade nivel 100 (com uma gear absolutamente horrorosa, ruim demais mesmo) e parti para fazer algumas masmorras.

A experiencia inicial foi absolutamente e totalmente traumática, estando acostumado com o estilo de cura de Mists of Pandaria no primeiro “pull” de “trash” eu fiquei sem mana e meu Tank estava morrendo, tive que usar “cooldowns” para fazer com que tudo não se tornasse um completo desastre.

Matamos o primeiro grupo de “NPCs” e eu pedi tempo para tomar aquela aguinha e encher minha mana.

As Lutas e suas Sequências

A sequência das lutas seguiram mais ou menos do mesmo jeito, a cada “pull” uma parada para beber um pouco.

Não tive que usar “cooldowns” em todos eles, mas passei por momentos um tanto quanto desesperadores e deixei alguns membros do grupo morrerem.

Acabamos a primeira masmorra depois de alguns “ragequits” de pessoas que eu deixei morrer e mais ou menos uma meia hora de tentativa e erro.

Foi difícil, mas consegui chegar ao final. Ufa!

um-healer-em-draenor-world-of-warcraft

Para quem ainda não sabe a Blizzard resolveu adotar um novo modelo de cura em triagem, semelhante ao que tínhamos no inicio do Cataclysm, e fugir do modelo atual de cura imediatista.

Hoje em Mists of Pandaria tudo está vivo ou morto, não existe meio termo, se o seu “Tank” não estiver com vida máxima no próximo “hit” do “boss” ele estará morto, o mesmo vale para qualquer outro membro da Raide, além disso a sua mana é infinita (pelo menos com bastante equipamento), então o que se faz no MoP é “spamar” curas em área e os chamados “smartheals” e tudo fica bem.

Pessoalmente acho os métodos de curas atuais BEM chatos, não é preciso pensar antes de curar, você segue a sua rotação e tudo da certo, os números são bem legais, mas o trabalho em si é tedioso.

Método de Cura do Healer em Draenor

No método de cura por triagem tudo passa a ser mais interessante, o grupo inteiro toma dano, mas raramente este dano é letal, a sua mana vai acabar se você resolver curar todo mundo ao mesmo tempo, mas se você for aos pouquinhos jogando uma cura aqui e outra ali na hora certa o grupo sobrevive.

É quase como jogar aquele joguinho da marmota no fliperama, você tem um martelo e tem que bater no bicho certo na hora certa, se tentar bater em todos ao mesmo tempo você acaba não batendo em nenhum.

Depois de terminar a primeira masmorra eu parei para pensar, revi minhas habilidades, reorganizei minhas barras de habilidades, respirei fundo e entrei na fila novamente, dessa vez com uma ideia melhor do que vinha pela frente.

Logo no inicio a diferença foi notável, fui curando aos poucos, mantendo um “hot” em cada um dos meus aliados e lançando curas menores em todos, quando o dano dos NPC’s era maior, usava curas mais poderosas no Tank e em outros membros da “party” conforme necessário.

Cheguei a usar a minha Chuva Curativa, a Maré Curativa e a Cura Encadeada algumas vezes, mas as grandes estrelas durante 90% do tempo foram a boa, velha e barata Onda Curativa e a Contracorrente glifada.

E para ser sincero eu me diverti muito ao longo de toda a masmorra, o trabalho do healer em Draenor voltou a ter um processo de decisão por trás de cada cura lançada e isso sempre foi o que me fez gostar de ser um “healer”.

Resumindo

Depois de jogar durante mais umas 3 ou 4 masmorras eu cheguei a conclusão de que definitivamente o novo modelo adotado para o healer em Draenor é muito mais divertido do que o atual.

um-healer-em-draenor-world-of-warcraft-meme

Não se iludam para entrar em masmorras de Draenor e ficar numa boa teremos um processo de adaptação, para quem jogou o inicio do Cataclysm não será nada muito novo, mas ainda assim vai requerer um pouco de paciência tanto da sua parte quanto dos seus amigos de aventuras.

Mas depois que você se adaptar a esse novo estilo, eu tenho certeza que não vai querer voltar a essa festa de curas sem raciocínio que é o final do MoP.

Cuidem da sua mana meus amigos, ela é sua melhor amiga!

No próximo post eu vou escrever a respeito da minha experiencia como um Xamã Elemental e como a remoção da habilidade de lançar magias andando afetou a jogabilidade de classes que dependem de tempo de lançamento de magias e como o jogo mudou em função disso.

Um abraço do Temujim! Até a próxima!