Bwemba – Nova lider Lançanegra?

Aquele momento em que a cinemática final da Horda aparece uma personagem que eu nem lembrava que existia: a Trolesa Bwemba!

Ela seria a trolesa que esta sentada de frente para a lady Liadrin na cinemática.

Aparentemente representando os trolls na Horda.

Na hora eu nem tinha associado, mas depois eu lembrei da Bwemba.

Porém me parecia um pouco diferente e fui caçar para ver se era ela mesma.

Segundo o Wowpedia essa Trolesa é a Bwemba mesmo e por conta disso estou acreditando que é ela também.

Bem, não vou mentir que se for isso, acho interessante a ideia de uma trolesa ser a lider Lançanegra.

Até o momento não há nada que comprove que ela é realmente a nova líder Lançanegra.

Aparentemente a opção mais favorável é que seja o Rokhan o novo lider Lançanegra.

Pois o mesmo também aparece como representante dos Lançanegras.

Mas o fato de estar sentada na mesa dos lideres indica que possui sim um cargo de representação importante.

No mínimo a Bwemba é porta-voz dos Lançanegras.

Sobre isso teremos que aguardar ainda, mas enquanto isso, bora dar uma repassada na lore dessa trolesa até o momento 😉

Bwemba – Precisando de Ajuda

A primeira aparição da Trolleza, até onde eu saiba foi no Cataclysm.

Ela solicita ajuda em Ogrimmar e em Vento Bravo, alertando sobre uma tentativa de união dos Zandalari com outras tribos Tróllicas

Bwemba também avisa que já tem um emissário na Selva do Espinhaço avisando a todos os planos dos Zandalaris.

Porém ela mostra preocupação ao comentar que é perigoso andar sozinho naquela selva.

Ela pede para o jogador procurar pelo emissário e avisar a todos no caminho sobre o perigo iminente.

Para nos auxiliar, Bwemba vincula seu espírito ao nosso com finalidade de passar instruções.

Os aventureiros da Aliança vão para o Forte Pedraviva, enquanto os da Horda vão para Bambala.

Bwemba – Selva do Espinhaço

Segundo o Wowpedia, Bwemba avisa que esses locais são perigosos pois o Forte Pedraviva fica próximo de ruínas Tróllicas e Bambala fica próximo a uma tribo Zul’Gurub.

Tornando esses dois pontos alvos fáceis.

Como eu fui direto para Bambala, posso ter perdido essa parte xD.

A Trolesa mostra bastante preocupação com o emissário, se perguntando por quais locais ele já teria passado.

Bwemba também comenta com frequência “aquele Troll… sempre querendo salvar todo mundo”.

Ao chegar no Forte Pedraviva/Bambala está sendo atacada por serpentes.

Porém essas serpentes não parecem normais e Bwemba pede ajuda para realizar um ritual e descobrir o que está por trás das serpentes.

Ao fazer o ritual, descobrimos que as serpentes estão sendo controladas pelo Sumo Sacerdote Venoxis.

Bwemba – Rosarães Guima

Pela dificuldade que o Forte Pedraviva/Bambala está passando com as serpentes eles pedem para irmos até a expedição de Rosarães Guima.

Visto que eles possuem experiencia para lidarem com feras selvagens.

Ao chegarmos na expedição de Rosarães Guima, descobrimos que eles também estão sendo atacados pelas serpentes.

Mas eles conseguem lidar com elas.

O problema é que os caçadores estavam sendo perseguidos por uma pantera poderosa chamada Mauti.

Rosarães Guima Jr. diz que enviou um de seus melhores caçadores atrás da pantera e pede para auxiliarmos o Anão Grent Martelo Feroz.

Grent por sua vez buscava vingança pela morte de seu irmão e estava rastreando uma pantera que ele acreditava ser a Mauti.

Ao matarmos uma pantera que Grent acreditava ser a Mauti, a verdadeira aparece e captura o Anão.

Bwemba comenta sobre a esperteza de Mauti, pois aparentemente ela estava observando o Anão o tempo todo.

Depois que Mauti sequestra Grent Martelo Cruel, o Anão deixa um rastro para que possamos encontrá-lo.

Assim sendo, uma busca acontece em que o jogador encontra e mata Mauti na caverna.

Bwemba – Kilnara a Sacerdotiza

Tendo a sensação de que algo não estava certo com a pantera, Bwemba realiza rituais sobre o corpo e descobre que foi enviado pela Alta Sacerdotisa Kilnara.

O espírito de Kilnara então pergunta por que eles mataram seu gato antes de dizer que a Selva do Espinhaço pertence aos Gurubashi e desaparece.

Bwemba alega que Kilnara é uma alta sacerdotiza gurubashi perigosa.

Quando encontramos com Grent, ele está mortalmente ferido e descalço com uma panterinha brincando com seus pés.

Ao informarmos que a pantera foi morta, ele fica aliviado que seu irmão foi vingado e faz seu ultimo pedido: calçar-lhe as suas botas.

Realizamos o desejo do anão e ele morre e nós adotamos a panterinha órfã que estava brincando com o pé do anão.

Bwemba envia o jogador para o Acampamento dos Rebeldes (Aliança) ou Grom’gol (Horda).

O jogador e Bwemba descobrem que o local está sob ataque de trolls sob o comando do Sangrelorde Mandokir.

Então ajudamos a conter um pouco o ataque.

O mestre do vôo informa a Bwemba que seu contato já dirigiu-se a escavação da Liga dos Exploradores (Aliança) ou ao para o Esconderijo Chaveforte (Horda).

Depois de chegar, descobrem que o local teve os ocupantes transformados em zumbis pelo Troll.

Bwemba pede para matarmos os zumbis para que ela possa traze-los de volta como habitantes normal.

Depois de retornar o cidadão ao normal, descobrimos que Zanzil foi responsável pelo caos.

Um sobrevivente que não havia sido infectado nos informa que o informante havia ido para Angra do Butim.

Bwemba então instrui os aventureiros a dirigirem-se para Angra do Butim.

Lá encontramos o segundo Emissário Lançanegra, Vol’jin e ela informa o caos que os gurubashis estão causando e desvincula o seu espírito do nosso.

bwemba

Bwemba – Considerações Finais.

Até o momento foi a unica coisa que encontrei da lore sobre a Trolesa Bwemba.

A linha de missões de Bwemba é a que leva para a antiga raide Zul’Gurub.

Aliás, por trás dos ataques são os Trolls que enfrentamos em Zul’gurub.

Durante as missões me pareceu que Bwemba não era uma caçadora sombria igual ao Vol’jin mas sim uma mandingueira.

Visto que ela entende bem de mojos e de rituais.

Não que caçadores sombrios não manje também, mas os caçadores sombrios parece que sabem de uma forma mais crua.

Mas creio que não precisa ser um caçador sombrio a liderar os Lançanegras.

Se é que ela é realmente a líder dos Lançanegras.

Até porque que o Sen’jin, pai do Vol’jin, também era um mandingueiro e era o líder dos Lançanegra.

Acredito que ela possa ter alguma relação com essa aliança futura da Horda com os Zandalaris.

Pois uma das frases que ela cita nas missões é que os Lançanegras não tem nenhuma ligação com os Zandalaris.

Reforçando a ideia de que os Lançanegras e os Zandalaris não se dão bem.

O Livro Sombras da Horda

Essa ideia também é trabalhada no livro Sombras da Horda.

Por mais que eu insista em dizer que a Blizzard vai ter que fazer algo muito bom para convencer a entrada dos Zandalaris na Horda.

A presença de Bwemba pode indicar que acontecerá algo muito forte que ligue os Lançanegras e os Zandalaris.

Mais forte do que a rivalidade que ambas tribos Tróllicas tem.

Pelo menos é o que eu espero.

Outra coisa que achei interessante é a preocupação que a Bwemba possui pelo Vol’jin (na verdade achei fofo ♥).

Não sei se ela é uma amiga, parente ou se sente algo a mais pelo Vol’jin, mas para mim ficou claro que ela possui um certo carinho por ele.

Mesmo que as missões sejam de nível baixo, acho interessante faze-las por conta da lore, que é inteiramente ingame.

E para quem gosta de pet também é interessante, visto que na linha de missões conseguimos a panterinha.

A linha de missões da Aliança é:

  1. O Representante Zandalar
  2. Para o Forte Pedraviva
  3. Venenos e serpentes
  4. Os espíritos estão conosco
  5. Rosarães tem que saber
  6. Rastreie o rastreador
  7. A vingança dos caçadores
  8. Feito cães e gatos 
  9. Mauti
  10. E o caçador? Como vai?
  11. Enterro de anão
  12. Um sinal de esperança
  13. Alerte o Acampamento dos Rebeldes
  14. Defenda o Acampamento dos Rebeldes
  15. Para o sítio de escavação
  16. Zumbis vodu
  17. Infecção… estomacal
  18. Fazendo contato

A linha de missões da Horda é:

  1. A ameaça Zandalari
  2. Para Bambala
  3. Venenos e serpentes
  4. Os espíritos estão conosco
  5. Rosarães tem que saber
  6. Rastreie o rastreador
  7. A vingança dos caçadores
  8. Feito Cães e Gatos
  9. Mauti
  10. E o caçador? Como vai?
  11. Enterro de anão
  12. Um sinal de esperança
  13. Alerte Grom’gol
  14. Defenda Grom’gol
  15. Para o esconderijo da Chaveforte
  16. Zumbis Vodu
  17. Infecção…estomacal
  18. Fazendo contato

Para quem gosta da lore que envolve o Vol’jin, pode achar interessante a postagem sobre o personagem Tyrathan Khort

Espero que tenham gostado 🙂